O programa “A Máscara”, que está a ser emitido pela SIC nas noites de sábado e domingo, recebeu duras críticas na emissão do passado sábado, 9 de janeiro, depois de no final do programa não ter revelado a identificação de nenhuma das máscaras, tal como o programa tem feito sempre nas outras emissões, desta e da anterior temporada. O programa iniciou às 21h30 e terminou cerca de quarenta minutos depois.

Nas redes sociais, os espetadores não perceberam a razão pela qual isso aconteceu e não deixaram de mostrar o seu desagrado nas redes sociais do programa e da própria estação televisiva.

“Não deveria de acabar hoje mais tarde e no domingo mais cedo?! Sinceramente“, escreveu uma seguidora. “Para ser 30m e desligaram sem maus nem menos muito feito, adoro a SIC mas essa vossa corrida atrás da TVI está a fazer com que vocês percam o respeito pelo vosso público ….Quem tudo quer tudo perde“, acrescentou outra.

Na mesma publicação, lê-se ainda que “o que é isto? Vão voltar a repetir o erro? Há semana foram reveladas 4 máscaras, nem havia necessidade de tanta revelação. Agora esta semana só Domingo é que veremos quem está por trás da máscara? Hoje pelo menos o camaleão podia atuar e ser revelado. Para a próxima semana já ninguém vai ter vontade de ver ‘A Máscara’ ao Sábado, não terá piada, já sabemos que nada será revelado. São estas contradições da SIC que não entendo, num formato dão-nos imenso conteúdos e novidades, no formato seguinte é tudo tão aborrecido e nada apelativo”.