Alberta Marques Fernandes teme estado há meses afastada da televisão. A experiente jornalista da RTP3 explicou à revista TV 7 Dias que é a sua saúde o motivo da ausência.

"Estou doente desde o final do verão", revela a comunicadora. A patologia necessita de "tratamento prolongado, que vai durar, até ao verão". Contudo, a jornalista descansa os fãs ao afirma que a doença "não é grave". Alberta evoca o "direito à privacidade" para não identificar a patologia de que padece. O mais difícil é suportar "os efeitos secundários da medicação".

Em relação ao apoio nesta fase difícil, Alberta Marques Fernandes afirma que não lhe falta. Da RTP, "quase todas as semanas recebe mensagens e telefonemas com miminhos e saudades". "É sinal de que não sou um número na RTP", conclui, elogiando a estação. A profissional de televisão também considera ser "bem tratada" pelo público, que lhe pede para regressar à antena.

Alberta na condução de '3 às 15'. © RTP

Já em relação ao tempo livre, a comunicadora tem aproveitado o tempo para analisar o mundo televisivo. "Estou a analisar a programação e o entretenimento dos três canais generalistas. Sozinha, de uma forma completamente amadora, estou a analisar também as diferenças e semelhanças dos canais de notícias do cabo", explica.

Alberta Marques Fernandes destacou ainda o trabalho dos colegas de profissão. "Os jornalistas estão a ir a sítios aonde mais ninguém vai com medo. Tenho o maior orgulho em todos os colegas", remata.