A novela da noite da TVI tem muitas surpresas guardadas e uma delas está prestas a acontecer. Nesse sentido, a relação entre Zeca e Arnaldo nunca foi boa desde que o tio explorou o sobrinho na sucata, há 17 anos atrás. Veja como tudo vai acontecer:

Decidido a vingar-se de Arnaldo por tê-lo explorado em jovem, por ter retirado a casa à Dona São e depois ter expulso as irmãs de lá, Zeca contrata Hélder para assaltar o cofre do tio. O homem assim o faz e, mais tarde, entrega-lhe uma carta que estava lá dentro, que pensa ser da mãe de Zeca.

O amado de Ema reconhece a letra da falecida mãe e abre-a. Ao ler, fica absolutamente sem chão, pois descobre que Arnaldo não é seu tio... mas sim o seu verdadeiro pai!

Ema entra nesse instante e pergunta a Zeca o que se passa com ele. O amado não diz nada e apenas estende-lhe a carta. Ema começa a ler e a sua expressão muda de imediato. Ao mesmo tempo, Zeca lembra-se de entregar essa carta a Arnaldo quando chegou do Faial e prontifica-se a conta-lo à amada.

Porém, dentro da carta essa não é a única revelação. Ao que parece, Rosa não é mãe de Zeca, mas sim uma tal de Susana, que desconhece quem possa ser. Assim sendo, Olga, Gisela, Rute e Emília não são suas irmãs.

Ema não sabe o que fazer com o namorado naquele estado e clarifica que Rosa é que é a mãe dele, pois o criou como se fosse filho dela, mesmo a saber que não o era. Zeca continua abalado e diz estar ainda mais revoltado por Arnaldo saber toda a verdade e tê-lo escondido durante todos estes anos.