Na sede dos bombeiros voluntários de Penafiel, Bruno está a beber uma cerveja quando vê Sérgio, um dos capangas que o ajudou no assalto ao café no Luxemburgo. O pai de Lucas fica preocupado, mas vira as costas. Aí, Bruno decide ir visitar a sua amante Vanessa, e conta-lhe toda a história.

No dia seguinte, os dois vão ter com Sérgio, e é aí que Bruno o ameaça de morte. Os dois envolvem-se num confronte e Bruno dispara sem querer. Bruno fica em choque com o sucedido. Então, Vanessa alicia o amante a livrarem-se do corpo, atirando-o para o rio.

Mais tarde, durante a investigação, a polícia vê vestígios das unhas de Vanessa em Sérgio. Confrontando com isso, Bruno assume o homicídio e acaba detido.