Na novela "Amor Amor", Bruno quer fazer justiça pela sua esposa que sente ser constantemente prejudicada. O roubo da canção "Do lado do Amor" é o evento desencadeante. Só uma solução: colocar Romeu na cadeia novamente.

Para alcançar o objetivo, Rute e Bruno decidem simular um assalto. Ela rouba um relógio ao cantor e coloca na casa dos Sousa. Já Bruno depois de partir o vidro de uma janela da casa, liga para a GNR para fazer queixa.

Perto do local, os agentes de autoridade encontram um relógio. "É provável que seja de alguém que entrou cá em casa e nem se deve ter apercebido de que o perdeu", referiu a polícia. O objeto tinha as iniciais gravadas "RS". "Romeu Santiago", exclamou Bruno.

Linda vai à procura do caderno, mas não o encontra. O bloco foi encontrado, porém faltava algo: "a letra não está aqui". Bruno finge-se indignado, "Filho da mãe! Foi ele! Era a única pessoa interessada nisso".

Os dois agentes vão então a casa de Romeu e falam com Ângela e Vanessa. "E o mandato? Desculpem lá, mas não vou deixar dois estranhos remexerem nas minhas gavetas", afirma de forma indignada a mãe de Sandra.

A sócia de Romeu acaba por ceder perante a polícia e permite que revistem a casa. Enquanto isso, o cantor chega visivelmente embriagado. Ângela acaba por encontrar o cunhado e avisa-o: "Vais disfarçar a bebedeira e sobes. A Guarda está no teu quarto".

O interprete não consegue perceber o que está a acontecer, apesar das duas lhe explicarem e o pior acaba por acontecer. Romeu acaba detido depois de tentar agredir os agentes de autoridade. Já Bruno ficou-se a rir com a situação...