É interpretado por Renato Godinho e tem o comando da corporação de bombeiros. Para além deste cargo é também presidente da junta de freguesia. Depois do dramático Tiago de “Terra Brava”, Renato entrega-se a um papel cómico: “O Vítor é uma personagem muita engraçada. Este registo de comédia era uma coisa que já andava a pedir e agora desembrulho este presente, que me está a dar um grande gozo fazer”.

Nesta novela não terá um papel de galã já que, confessa o actor, “O Adriano Luz teve a brilhante ideia de me colocar como um bombeiro barrigudo, com bigode e gago. Não me importava de engordar, não tinha era tempo, mas vai ser impossível ligar as duas personagens. Será como do dia para noite”.

Formará casal com Luciana Abreu, no papel de Rebeca, e revela: “Trabalhar com a Luciana é muito fácil”. Esta é a terceira produção que os dois actores fazem em conjunto.

Tó Quim

Este bombeiro é interpretado por Fernando Rocha que tem em comum com o actor o facto de serem os dois muito bem-dispostos. O actor afirma: “Tenho três meses de experiência nisto, portanto sou um novato, mas tenho a sorte de contracenar com um elenco fantástico. Nas pausas há sempre um conselho ou outro de um colega mais experiente e isso é o melhor que existe, quando me chamam à atenção de uma forma didática!”.

Tó Quim é “um chico-esperto, que apenas integra os bombeiros porque o primo é o presidente da corporação”, admite. Se por um lado as suas piadas, embora machistas, sejam engraçadas e divirtam os colegas, já as mulheres não lhe dão qualquer hipótese.

Rúben Moreira

O ator eleito para interpretar este bombeiro foi o José Fidalgo.

Rúben terá muito sucesso entre o sexo feminino devido à sua excelente forma física mas o seu forte não será a inteligência. O ator define o seu Rúben: “Ele é um bom rapaz, dedicado à profissão de bombeiro e apaixonadíssimo pela Emília (Bárbara Norton de Matos)”. Têm casamento marcado mas ele continua sem se aperceber que a relação deles tem um fosso cada vez maior devido à inteligência dele, ou falta dela. “Enquanto ele é uma pessoa simples e, de certa forma, ingénua, ela é uma mulher dedicada às artes, e esses opostos acabam por os atrair e viverem uma grande paixão”, refere José Fidalgo.

Fonte: Maria