Na semana de 18 a 24 de janeiro, a SIC voltou a ser o canal mais visto, aumentou a vantagem sobre a TVI para 3,5 pontos e liderou em todos os dias da semana, até no domingo em que não exibiu o principal programa de entretenimento da estação, 'A Máscara', devido às eleições presidenciais, embora a TVI não tenha abdicado do reality-show 'Big Brother: Duplo Impacto', que entrou no ar já o relógio passava das 00h. A maior distância entre a SIC e a TVI foi registada na quarta-feira quando a SIC exibiu a meia-final da 'Taça da Liga' que opôs o Benfica ao Braga e que terminou com a vitória do segundo. No top 10 dos programas mais vistos, apenas um não foi exibido na SIC.

O episódio de sexta-feira de 'Bem me Quer' posicionou-se no décimo lugar entre os programas mais vistos da semana. A RTP1 teve uma semana especialmente negra e baixou a sua quota de mercado para 11%. Para piorar, ao contrário do que é habitual, as eleições não ajudaram a RTP1 que foi a menos vista na noite decisiva. O comum é a emissão eleitoral da RTP1 ser a mais vista ou ter vários momentos na liderança, mas desta vez o público preferiu a SIC na noite em que se contaram os votos para a presidência. A RTP2 conseguiu finalmente uma quota semanal média de 1%. O melhor resultado foi obtido no domingo, graças à transmissão televisiva do jogo de Andebol entre Portugal e França, a contar para o campeonato do Mundo desta modalidade.

Os resultados estão à vista: A SIC não perdeu para a concorrência um único dia, nem mesmo no dia em que a TVI é mais competitiva, ao domingo.

No que respeita aos programas mais vistos, as três primeiras posições foram ocupadas por jogos de futebol a contar para a Taça da Liga, transmitidos pela SIC. O jogo mais visto foi a segunda meia de final da competição, exibida na quarta-feira, que opôs o Sporting de Braga ao Benfica. Em quarto lugar, surge a edição de sexta-feira do 'Jornal da Noite' e em sexto e oitavo lugares, as duas partes do programa 'Isto é Gozar com quem Trabalha', transmitidas no mesmo dia. A ficção das privadas também esteve presente na tabela dos 10 programas mais vistos. A novela mais vista ficou na 7º posição e foi a emissão de quarta-feira de 'Amor Amor', da SIC e a segunda novela mais vista foi 'Bem Me Quer', da TVI, que ficou em 10º lugar entre os mais vistos na semana. A edição de domingo do 'Primeiro Jornal' foi o nono programa mais visto da semana e o mais visto daquele dia, o que mostra a força da informação da SIC. Desta vez e contrariando a tendência dos últimos anos, também a emissão eleitoral das presidenciais mais vista foi a que a SIC exibiu.

Em comunicado, a SIC enfatiza que desde 2004 que uma emissão eleitoral no canal não tinha tantos espectadores. De destacar ainda que devido ao confinamento obrigatório, o consumo televisivo aumentou exponencialmente, de tal forma que os 20 programas mais vistos da semana tiveram todos mais do que 1 milhão de espectadores. No caso da SIC, alguns destes programas foram mesmo exibidos fora do prime time, período que por norma concentra mais espectadores. Exemplos disso foi o 'Alta Definição', que é exibido por volta das 14h e que foi visto por 1 milhão e 119 mil espectadores a edição dominical do 'Primeiro Jornal' que foi vista por 1 milhão e 253 mil espectadores.

Hegemonia da SIC no que respeita aos 10 momentos mais vistos da semana. Apenas 1 programa - o décimo mais visto - não foi exibido no canal.