Este domingo, as portas da mansão da Ericeira voltaram-se a abrir para mais uma gala do "Big Brother - Duplo Impacto". Esta primeira gala mostrou um estúdio vazio, devido ao confinamento geral, onde apenas estavam três familiares dos nomeados na plateia e os apresentadores Teresa Guilherme e Cláudio Ramos. A ausência mais sentida foi Ana Garcia Martins, que de momento se encontra em isolamento após ter testado positivo à Covid-19.

A Infiltrada da Semana

Logo no início da gala, os apresentadores revelaram que, à semelhança das galas passadas, havia um convidado especial no bunker que ia tomar decisões muito importantes no jogo. Assim sendo, foi revelado pelo 'Big' que se tratava de Érica Silva, ex-concorrente de vários reality shows.

A veterana não entrou com meias medidas e disse logo que haviam concorrentes dentro da casa que não iriam gostar nada da sua presença na gala. Confrontada por Teresa Guilherme sobre quem seriam esses concorrentes, a madeirense disse tratar-se de Rui Pedro e Joana Diniz.  

Cerimónia da Separação

Após a introdução de Érica na gala, os apresentadores revelaram que os telespectadores iriam tomar uma decisão muito importante no jogo: duas duplas vão ser separadas e passar a jogar individualmente. Duas concorrentes que manifestaram logo essa vontade foram Joana Diniz e Joana.

Surpreendentemente, foram as duplas destas concorrentes as mais votadas pelo público. Assim sendo, Bruno Savate, Joana, Sónia e Joana Diniz passam a jogar em nome individual, deixando o jogo em duplas.

Reencontro inesperado

Depois de ter sido expulsa na semana passada, Anuska regressou à casa da Ericeira para confrontar Hélder com as suas atitudes durante a semana. Em causa estava a aproximação do homem a Joana Diniz, que se mostraram muito cúmplices esta semana. Anuska não esteve com 'paninhos quentes' e acusou Hélder de ser fraco, de ele ceder muito facilmente aos avanços de Joana Diniz, e de não a respeitar a ela, nem respeitar as mulheres em geral.

Afirmou ainda que Hélder tem sido constantemente gozado por todos os concorrentes da casa e que isso é muito triste de se ver. Hélder tentou-se justificar a Anuska e dizer que a culpa não é sua, pois ele "não é de ferro". No fim, ainda tentou despedir-se da ex-concorrente, mas ela dispensou o seu abraço.

Já na segunda parte do programa, Joana Diniz foi chamada ao confessionário para falar sobre estes acontecimentos, mas a concorrente natural de Vila Franca de Xira mostrou logo estar incomodada ao ser associada a uma triângulo amoroso. Afirma que tudo o que fez durante a semana foi apenas brincadeira e que fica triste por perceber que Hélder não consegue separar uma brincadeira da realidade.

Do outro lado, estava ainda Anuska, que acusou Joana de não ser uma defensora das mulheres e de se ter atirado, com verdadeiras intenções, a Hélder mal ela saiu da casa.

O momento foi de todos o mais comentado nas redes sociais, onde os espectadores mostraram estar do lado de Anuska e criticaram severamente o papel de Teresa Guilherme e Cláudio Ramos, por ainda tentarem ridicularizar a irmã de Iury.

Os Protagonistas e os Figurantes

Ainda no bunker, Érica teve uma intervenção no jogo, onde teve que escolher quem, para si, era protagonista ou figurante no jogo. O 'Big' revelou que as escolhas de Érica teriam consequências no jogo, mas só no final é que a ex-concorrente soube que os 'protagonistas' teriam um voto duplo nas nomeações.

Entre os escolhidos como protagonistas, estava Joana Diniz. A madeirense afirma que não pode deixar que considerar a bailarina como protagonista, pois foi 'cobiçar o homem alheio' e, por isso, está sempre a aparecer. Outro momento tenso foi quando Érica justificou o porquê de ter escolhido Rui Pedro como figurante. A rapariga diz que ele não tem nenhum foco na casa e quando o concorrente ia para dizer o nome dela, a madeirense interrompe e diz «estúpida?», deixando o concorrente aparentemente confuso. Alegadamente, esse foi o nome que Rui Pedro atribuiu a Érica nas redes sociais.

Os 3 S's

Numa votação que decorreu durante a semana, o público teve a oportunidade de escolher quem eram as plantas deste "Duplo Impacto". O público não teve 'mãos a medir' e escolheu Sónia, Soá e Sandrina como as plantas da casa. A única concorrente que se mostrou surpreendida foi Sónia, que não percebe o porquê dessa escolha, pois ela está no jogo, os portugueses é que não a veem.

Érica foi chamada a dar a sua opinião sobre esta eleição e afirmou não concordar com a nomeação de Sónia como planta. Justificou que essa escolha poderá não ser responsabilidade da concorrente, mas sim dos acontecimentos da semana.

Salvações, Expulsão e talvez uma Desistência

Logo ao abrir da gala, Teresa Guilherme e Cláudio Ramos revelaram que, durante a semana, Rui Pedro mostrou várias vezes vontade de abandonar o jogo, desvalorizando.

Contudo, como é normal em noite de gala, o momento da expulsão teria que chegar. Antes desse momento, a meio da gala, ainda foi dada a oportunidade de salvar um concorrente da expulsão. Com as votações suspensas, as barras do gráfico subiram e o concorrente menos votado tinha apenas 3% dos votos. Momentos depois, foi mostrado que Sandrina era a concorrente salva.

As votações voltaram a abrir e, longos minutos depois, as votações foram mesmo encerradas. Em confronto estava Noélia, Rui Pedro e Teresa. Quando as barras do gráfico pararam, era Noélia que se escondia na barra mais pequena, que apenas tinha 5% dos votos.

Antes de ser revelado quem seria o expulso da noite, Teresa Guilherme questionou Rui Pedro se desistia o jogo mesmo que não fosse o concorrente expulso. O empresário não cedeu e respondeu, até ao fim, que sim. Porém, tal não foi possível. Isto porque Rui foi mesmo o expulso com uma margem muito pequena para Teresa (49% X 46%).

Prova do Líder

Na prova do líder da semana, os concorrentes foram desafiados a responder a um questionário sobre as características dos colegas. No jogo, o concorrente selecionado teria que acertar quem, entre todas as respostas dos concorrentes, foi o mais votado.

Assim sendo, o jogo começou e os concorrentes foram sendo eliminados, a cada resposta errada, ou eliminavam outros concorrentes, a cada resposta certa. A vencedora acabou por ser Sónia.

Contudo, o mais interessante desta prova não foi a vitória de Sónia, mas sim o facto de todos considerarem Joana a menos verdadeira e a mais egoísta da casa. Algo que não deixou a designer de moda muito contente.

Nomeações

Por fim, as nomeações chegaram e os 'protagonistas' da noite usaram a sua vantagem: o voto duplo. Sónia, a lider da semana e por isso salva das nomeações, escolheu três concorrentes para nomear no confessionário: Sandrina, Noélia e Joana Diniz. Os restantes colegas votaram frente a frente, na sala.

Com todos os votos contados, os nomeados eram: Joana, Bruno Savate, Joana Diniz, Noélia e Sandrina. Contudo, a líder teve o poder de escolher dois concorrentes para ir a votação e, assim, um deles ser salvo da nomeação. Sónia escolheu Joana Diniz e Sandrina. Poucos minutos depois, a alentejada levou a melhor e foi salva pelos portugueses.

Porém, esta salvação foi colmatada com outra nomeação, desta vez direta. Sónia não se mostrou indecisa e decidiu nomear a dulpa Helena e Hélder. Assim sendo, os nomeados desta semana são Joana, Bruno Savate, Joana Diniz, Helena Isabel e Hélder.