Henrique expulsa Mercedes de casa após confirmar que Maria Rita tinha falado a verdade: a mulher e Rodolfo eram amantes. Perante isto, o pai da pastora expulsa Mercedes de casa mas os seus três filhos ficam do lado da mãe. A posição de João, Constança e Vera é clara: quem deveria sair de casa é Henrique uma vez que foi ele que traiu a mãe com Carolina.

Entretanto, João recebe um telefonema do hotel pois o cartão bancário da mãe está bloqueado. Vera percebe logo o que se passa: Henrique retirou todos os acessos às contas bancárias à mãe. O sucedido ainda agrava mais a relação entre Henrique e os filhos, exceto Maria Rita. A pastora defende o pai e pede-lhe que conte toda a verdade aos irmãos. Henrique recusa-se a magoar os filhos ao expô-los à verdade sobre o caracter de Mercedes. Assim, Constança, Vera e João preparam-se para deixar a casa e acusam o pai de deixar a mãe na rua e em dificuldades.

Eis que Madalena, que também está presente, decide intervir e questiona se é verdade que foi Mercedes e o Rodolfo que implicaram Henrique no roubo que o levou a ser preso. Todos ficam incrédulos. Henrique confirma: Mercedes traiu com o seu sócio e que ambos o tramaram ao acusá-lo do roubo às empresas.

Ainda assim, Vera exige provas para acreditar no que ouve. Henrique fica triste mas Maria Rita sente-se orgulhosa do pai.