No primeiro domingo de fevereiro, Cláudio Ramos e Teresa Guilherme voltaram a abrir as portas da casa da Ericeira para mais uma noite que mudou tudo no jogo! Para além das clássicas salvações, expulsão e nomeações, houve espaço para mais uma sessão de BB Play, um comunicado muito importante e os comentários mordazes de Ana Garcia Martins, a 'Pipoca Mais Doce'.

O jogo alargou

Ao abrir da gala, Teresa Guilherme apresentou-se no estúdio sozinha. O seu companheiro de apresentação, Cláudio Ramos, não estava em estúdio, mas sim na casa da Ericeira. Infiltrado no bunker, o apresentador teve a missão de ir contar aos concorrentes dentro da casa uma novidade que ia mudar tudo no jogo.

Assim, surgiu na escadaria principal e, devido ao distanciamento social, os concorrentes tiveram de se isolar na Sala do Impacto. Com as condições reunidas, Cláudio Ramos revelou: o programa vai estender-se por tempo indeterminado, mas o prémio final sofre alterações. O valor de 10.000€ para o primeiro lugar passa a ser de 20.000€. O segundo classificado ganha 7.500€ e o terceiro lugar vence 5.000€.

O Mistério das Pedras

O BB Play entrou em ação para mais uma revelação da semana. Em causa estava o mistério sobre quem foi o responsável por destruir o nome de filha de Sofia (Daffy) do jardim. No fim, foi revelado que os culpados foram Pedro e Savate, que negaram terem sido os responsáveis. De relembrar que estes concorrentes estiveram em constante desacordo com a concorrente mais recente durante toda a semana.

Sofia não gostou nada da brincadeira dos colegas, pois não se deve brincar com as mensagens aos familiares. Bernardina foi outra das concorrentes que se mostrou indignada com esta brincadeira, pois afirma estar a entender tudo o que Sofia está a sentir por também ser mãe. Além disso, não consegue entender o porquê de Joana saber de tudo e não ter dado a entender a Sofia quem tinha sido.

Os Posicionamentos

O sofá encontrava-se dividido em duas cores: vermelho e verde. A razão seria porque na gala, os concorrentes teriam de tomar alguns partidos sobre determinados assuntos que se passaram na casa.

A primeira situação comentada foi o comportamento de Pedro. Os concorrentes tiveram de decidir se as atitudes provocatórias dele são ou não intencionais. A maioria afirmou que sim e apenas três concorrentes acreditam que não. Noélia foi uma das concorrentes chamadas a justificar e a algarvia disse que Pedro é garantidamente provocatório, mas acredita não ser intencional.

A segunda situação foi a confusão criada por Sandrina numa cadeira quente da semana. Em causa estava um 'diz que disse' onde a alentejana chegou a acusar Sónia de ouvir uma conversa onde Sofia lhe chamar sonsa. Os concorrentes tinham de decidir que Sandrina se faz ou não de inocente e a maioria acha que sim. Sónia foi a grande defensora da amiga e diz que ela é igual fora da casa.

A terceira e última situação foi a grande discussão entre Sónia e Joana, onde ambas são acusadas de exagerar na sua atitude. Em causa estava qual das duas exagerou mais. A esmagadora maioria recaiu sobre Sónia, mas só porque esta exagerou primeiro. Pedro foi muito mais longe e acusou Joana de ser falsa e fazer um teatro no confessionário para terem pena dela.

Uma expulsão encharcada

Este domingo, eram quatro os nomeados à expulsão. Depois de Joana ter sido salva no especial de quarta-feira, Gonçalo Quinaz, Noélia, Sónia e Pedro estiveram com a 'cabeça a prémio'. No início da segunda parte, a votação foi suspensa e dois concorrentes foram salvos. Com 32% e 30% dos votos, Noélia e Gonçalo foram retirados da votação final.

Uma hora depois, chegou o momento da expulsão. E os portugueses não tiveram dúvidas. 75% dos votos decidiram que Sónia se mantinha no jogo e que Pedro, o concorrente mais recente, foi o expulso da noite. Porém, o inesperado aconteceu. O ex-concorrente não aceitou ser expulso sem primeiro ir dar um último mergulho à piscina. Enquanto Pedro desrespeitava a ordem de saída, os concorrentes tentaram chama-lo à razão, para desespero dos apresentadores.

Nomeações com a 'mão' do público

No início da gala, os apresentadores abriram uma votação na APP oficial do "Big Brother" e que decidiam como seriam feitas as nomeações nessa noite: no confessionário ou na sala. Os portugueses acabaram por decidir que o palco das nomeações seria... na sala, ou seja, 'cara a cara', à exceção da nova líder da semana Sandrina.

As nomeações foram as mais estratégicas desde o início e envolveu as justificações dos concorrentes envolveram os temas que foram abordados ao longo da gala. Contudo, a grande surpresa da noite foi Noélia, que pela primeira vez desde que é concorrente de reality show , não teve nenhuma nomeação. Por fim, os nomeados escolhidos pelos concorrentes foram Joana, Sónia, Bruno Savate e Cláudio Coelho.

Sandrina teve de escolher dois concorrentes para uma votação express, com o objetivo de salvar um deles da nomeação. Os escolhidos foram Sónia e Bruno Savate. Com os resultados muito renhidos, Bruno foi o salvo pelos portugueses e Sofia Sousa foi nomeada em seu lugar pela líder.