Há uns tempos, com a saída da Teresa, comentou-se que Bruno estaria a ser acompanhado dentro da casa, acompanhamento esse devido a uma depressão que este enfrenta desde 2018, altura em que o concorrente perdeu o seu gato. A família do concorrente de Gondomar chegou a confirmar que "Ele é acompanhado. Vai por vezes ter conversas ao confessionário".

Segundo consta, o acompanhamento psicológico é realizado de consultas online e existe mais do que um profissional a trabalhar com os concorrentes.

"Quando a pessoa sente que precisa de falar com alguém para além do Big (muitos acabam por ver no Big um psicólogo e ele também ajuda muito) pode pedir para falar com o psicólogo. Por vezes, é a própria produção que vê alguma necessidade da presença do psicólogo para determinado concorrente. Com o Pedro aconteceu ele a ser chamado para falar com uma das psicólogas do programa sem ele fazer sequer ideia de que iria ser chamado para isso. A produção está atenta e pode intervir por seu livre-arbítrio".

Para além de Bruno, mais duas concorrentes estão a ser acompanhadas, Sofia e Sónia. Estas duas estão a ter apoio por parque da equipa para conseguirem dormir.

"A Sofia e a Sónia já pediram mais do que uma vez comprimidos para dormir. Daqueles fraquinhos, mas sim. Elas não são as únicas, mas assim à partida lembro-me delas pedirem", conta uma fonte à revista.