No passado domingo, as portas da casa do Big Brother voltaram a abrir, mas desta vez para receber ex-concorrentes de vários reality-shows. Na promessa de trazer os melhores concorrentes de sempre, vários concorrentes com situações por resolver ou com alguns rótulos colocados pelo público encontraram-se, de surpresa, dentro da casa. Conheça-os grupo a grupo:

Os "agressivos"

Estes são concorrentes que se destacaram na sua respetiva edição. Pedro Soá (BB2020), Rui Pedro (BB - A Revolução) e Bruno Savate (Secret Story 5) foram selecionados para mexer com o jogo. O concorrente do Montijo afirma ser o «Cristiano Ronaldo dos realities» e, por isso, afirma apenas querer jogar contra os melhores. De igual forma, o concorrente de Oliveira do Hospital e o concorrente de Gondomar também se consideram melhores concorrentes do que os adversários.

A "cobra"

No BB2020, Teresa foi considerada pelo público a vilã, sendo uma das concorrentes que mais dividiu opiniões entre o público e os próprios comentadores do Extra. Mas uma coisa é certa, ninguém fica indiferente a Teresa. A concorrente de 52 anos aproveita a sua idade para se impor aos outros e se fazer ver na casa. Alem disso, Teresa teve muitos desentendimentos com Hélder, Pedro Soá e Noélia. Será que a concorrente mais velha se vai servir das suas armas para dominar a casa?

As divertidas

Joana Diniz (Secret Story 4) e Sandrina (BB2020) foram as eleitas para manter a boa disposição em altas na famosa casa da Ericeira. As duas concorrentes disputam pelo coração do Big e a suas formas de ser soltam imensas gargalhadas aos telespetadores. Contudo, o facto de Joana e Sandrina terem personalidades semelhantes pode transformar o ambiente descontraído num ambiente de tensão.

Os "confiançudos"

Para contextualizar, os "confiançudos" são aqueles concorrentes que se acham imensamente engraçados e são atiradiços. Uma espécie de última 'bolacha do pacote'. Mas os outros não lhes costumam achar tanta graça porque conviver com eles não é tarefa fácil. São esses concorrentes o Pedro (BB - A Revolução) e o Hélder (BB2020). O primeiro apenas entrou como infiltrado, na estreia, mas deixou em aberto um regresso à casa da Ericeira. O segundo é um verdadeiro mulherengo e faz de tudo para fazer furor entre o sexo feminino. Contudo, não lhe costuma correr muito bem. Os confrontos com Teresa foram mais que muitos. Será que a relação entre os dois vai ficar mais turbulenta?

As "donas de casa"

Joana (BB - A Revolução) e Noélia (BB2020) destacaram-se não só pelo seu jogo, mas também pelo cuidado pelas tarefas domesticas. As rainhas da cozinha estão agora fechadas na mesma casa e vão ter de partilhar a liderança das tarefas. Ambas não têm paciência para preguiçosos e são muito frontais. Será que as rainhas da limpeza vão conseguir entender-se?

O amor

Anuska, irmã de Iury (BB2020), entrou na casa com uma história mal entendida com Hélder. Conhecem-se dentro do verão e, na altura, a concorrente de Oliveira do Bairro afirmou que ele faz o seu tipo de homem. A cumplicidade entre os dois tem crescido e Hélder já fez massagens, uma lap dance, piadas e Anuska... pediu calma! Outro possível casal dentro da casa pode ser Helena Isabel (Secret Story 6) e Gonçalo Quinaz (A Quinta). Embora nunca se tenham cruzado na mesma casa vigiada, os dois mostraram muita cumplicidade logo na primeira gala. Chegaram mesmo a ser questionados sobre um possível namoro. O clima tem aquecido entre ambos e o amor pode mesmo estar a surgir. Será que estes casais têm futuro?

O jogo que agora é jogado em duplas conta também com uma dulpa de apresentadores: Teresa Guilherme e Cláudio Ramos. Foi uma estratégia nunca antes feita em Portugal num reality-show. Os dois já tinham apresentado o formato, mas individualmente. Acontece que a dupla convenceu o público.