No domingo passado, aconteceu mais uma gala do "Big Brother - Duplo Impacto", onde estavam prometidas muitas surpresas. Ora, surpresas efetivamente houveram muitas, mas algumas não estavam previstas no guião.

O destaque da noite

A primeira surpresa foi logo ao abrir da gala, quando os apresentadores Cláudio Ramos e Teresa Guilherme deram a palavra à comentadora residente Ana Garcia Martins. A Pipoca Mais Doce utilizou o seu tempo de antena para falar sobre uma situação que, a seu ver, não podia passar em branco.

Em causa, estiveram os ataques feitos a Pedro Crispim, também comentador do "BB", durante a semana, devido à sua orientação sexual. A comentadora chegou mesmo a ameaçar abandonar o seu papel de comentadora se não fossem tomadas medidas durante a próxima semana.

Mais tarde na gala, Joana Diniz foi confrontada pelo 'Big Brother' com os comentários feitos sobre Pedro Crispim. A concorrente de Vila Franca de Xira acabou por assumir que foi mesmo um comentário infeliz e pediu desculpa pelas suas palavras.

Ana Garcia Martins confessou não ter ficado convencida com o pedido de desculpas da concorrente, mas diz que só o facto de o tema ter sido abordado já cumpre o seu propósito enquanto comentadora: trazer o assunto para debate. Cláudio Ramos afirmou não estar de acordo com a posição da comentadora, o que gerou um pequeno 'bate boca' entre os dois.

Novas infiltradas... ou talvez não.

Logo depois do comentário do Ana Garcia Martins, foi partilhado com os telespetadores que estavam duas novas infiltradas no bunker. A primeira infiltrada a ser revelada foi a D. Maria Antónia, mãe do Pedro, ex-concorrente do "BB - A Revolução", que regressou à casa da Ericeira depois da gala de estreia. A segunda convidada a ser revelada foi Bernardina Brito (ou Bibi, como ficou conhecida no "Secret Story 4").

O regresso da ex-concorrente suscitou muito burburinho nas redes sociais, onde os fãs se mostraram muitos felizes por vê-la, de novo, em antena. Foi também afirmado pelos apresentadores que as convidadas teriam um papel muito importante no decorrer da gala.

A meio da gala, as infiltradas tiveram a missão de associar alguns concorrentes a alguns peixes, uma metáfora muito utilizada pelos concorrentes durante a semana. Por sua vez, Teresa foi apelidada de 'víbora' por Bernardina, o que não agradou à concorrente. Esta não tardou a iniciar uma discussão acesa com a convidada, onde a acusava de ter muitos telhados de vidro. O momento foi de grande tensão e só terminou com a intervenção dos apresentadores.

Curva da Vida

Na segunda parte da gala, abriram-se as portas da Curva da Vida. A primeira concorrente submetida foi Joana Diniz. A concorrente de 28 anos revelou alguns aspetos menos bons da sua vida, nomeadamente o falecimento da avó, a entrada no Secret Story e o nascimento prematuro da filha. Foi certamente um momento emotivo, onde todos os concorrentes e espetadores tiveram oportunidade de conhecer melhor a personalidade de Joana.

A cerimónia da mudança

Esta gala serviu também para dar lugar a uma "Cerimónia das Duplas", onde foram eleitos os elos mais fortes e mais fracos de cada dupla. Os concorrentes eleitos como os mais fortes foram Rui Pedro, Bruno Savate, Noélia, Helena Isabel, Joana Diniz e Teresa. Estes concorrentes foram a votos na aplicação oficial do programa e o mais votado pelo público ganhou a oportunidade de trocar todas as duplas à sua maneira. Assim sendo, e com 75% dos votos, Bruno Savate ganhou essa vantagem no jogo. As duplas foram assim todas modificadas. Veja, no final da peça, a lista das novas duplas.

Uns ficam... mas só um sai!

No total, eram 6 os nomeados da noite. Durante quatro fases diferentes da gala, as votações foram suspensas e soavam os alarmes de mais uma salvação no estúdio. Na primeira parte, Gonçalo Quinaz foi logo o primeiro a sair da 'chapa' com apenas 2% dos votos. Mais tarde, a sua companheira de dupla, Helena Isabel, também foi retirada da corrida à expulsão, com 8% da votação. Já na segunda parte do programa, teve lugar mais uma salvação. Com 12% dos votos, Bruno Savate foi o concorrente salvo. No final da segunda parte, deu-se, então, a última salvação da noite. As votações foram mesmo encerradas e já nada podia mudar. Assim sendo, o último concorrente a ser salvo foi Noélia, com 18% da votação.

Por fim, e já na última parte do programa, foi revelado quem foi o primeiro expulso da edição. Em confronto estavam o suposto 'casal' Hélder e Anuska, que foram confrontados anteriormente com o beijo que deram durante a tarde de domingo. Deste modo, Anuska foi a concorrente escolhida pelos portugueses para abandonar a mansão da Ericeira, com 58% dos votos.

Quem vai a nomeações?

Na última parte da gala, foi o palco de mais uma prova do líder. Desta vez, ao contrário da semana passada, a liderança pertence a uma dupla e cada concorrente teve que votar na dupla que achavam merecer esse privilégio. Rui Pedro e Pedro Soá tinham uma vantagem sobre todos os concorrentes, por terem sido eleitos os mais empenhados na prova semanal, e o seu voto era duplo. Assim sendo, e depois de um empate, a dupla escolhida pelos concorrentes foi Helena Isabel e Hélder, que ganharam imunidade nas nomeações.

As nomeações foram novamente feitas em dupla e cada dupla tinha que nomear outras duas duplas. Depois de todos passarem pelo confessionário, os nomeados eram Bruno Savate, Joana, Noélia e Sandrina. Por outro lado, as duas infiltradas tinham nas suas mãos o poder de salvar uma dupla e dar poder a outra dupla para nomear diretamente outra dupla.

Deste modo, as residentes do bunker escolheram salvar Bruno Savate e Joana, deixando na mão de Sónia e Joana Diniz. Depois de muita hesitação, a dupla escolheu nomear Rui Pedro e Teresa. No final, os nomeados ficaram Noélia, Sandrina, Rui Pedro e Teresa.

Lista de novas duplas:

  • Helena Isabel & Hélder
  • Rui Pedro & Teresa
  • Gonçalo Quinaz & Pedro Soá
  • Sónia & Joana Diniz
  • Joana & Bruno Savate
  • Sandrina & Noélia