Foi a grande sensação dos últimos tempos: César Mourão em “Esperança”. Inicialmente pensada para a plataforma da SIC, a Opto, a estação de Paço de Arcos decidiu emitir no canal generalista o primeiro episódio da série. Em princípio, os restantes capítulos serão emitidos apenas na Opto.

César Mourão interpreta o que muitos consideraram o “papel da sua vida”, e o ator confessa: "Foi um trabalho duríssimo, mas em que todos nos divertimos muito. Foi o mais difícil e desafiador que fiz até então. A Esperança é uma homenagem à terceira idade e a muitas Esperanças que fui conhecendo ao longo da minha vida”.

Quando se fala na possibilidade de haver mais uma temporada, o ator avança: "A meio da série já estava muito cansado. Não queria nem ouvir falar sobre a hipótese de fazer uma segunda temporada. Até que há uma altura em que o Pedro (Varela, realizador) faz o vídeo de promoção e mostra-me um dia de manhã. E deu-me força para continuar a série. E ainda faltava bastante".

A caracterização de César Mourão até chegar à Esperança demorava diariamente três horas a estar concluída, trabalho realizado por Fito Dellibarda, responsável pela transformação do ator ]avier Bardem em Pablo Escobar, no filme "Amar Pablo, Odiar Escobar".

Daniel Oliveira, diretor de Programas da SIC, revelou-se orgulhoso do produto final: "É uma série diferenciadora, que vai marcar. O César é um dos melhores talentos de sempre e supera-se neste trabalho".

Fonte: TV Mais