"Estes dias têm sido dias difíceis entre o foco necessário à preparação dos debates presidenciais e a tristeza profunda por ter perdido uma companheira de 11 anos", desabafou a jornalista, na sua página oficial de Instagram, num post dirigido à cadela.

A comunicadora tem ainda mais um cão, chamado Kiko, e é com ele que tem partilhado a dor da partida de Urfi. "O Kiko já percebeu. Todos os dias chora e geme baixinho. E eu choro com ele e dou-lhe mimo", explica.

O animal da raça Samoiedo encontrava-se já doente há algum tempo. No entanto, a dor e o luto não se tornaram mais fáceis de ultrapassar, segundo Clara de Sousa. "Porque me viu a tratar de ti nestes dias, a mudar-te a fralda, a limpar-te, alimentar-te, a levar-te ao colo porque já não tinhas forças para andar. A dizer a mim mesma que não tinha coragem de te ver partir. (...) Não tenho forças para tanto", conta.

Por fim, a jornalista deixa a promessa a Urfi que, com Kiko, vai lançar as suas cinzas "ao vento da serra que desde sempre te refrescou nos dias quentes, para que desse lado continues a sorrir para nós".