Iva Domingues veio para a TVI para ajudar a recolocá-la na liderança das audiência. Em entrevista à Nova Gente, a comunicadora falou ainda do novo projeto nas manhãs da estação e da motivação que a fez voltar à TVI.

A apresentadora regressou ao canal, em setembro do ano passado. Apesar da maioria dos colegas e amigos continuarem a ser os mesmos antes de Iva ter saído, a direção é diferente e trouxe uma importante alteração. "A única diferença que sinto é essa presença, essa proximidade mais imediata que, no fundo, esses grupos de WhatsApp e as tecnologias facilitam e que há uns anos não era assim tão simples", refere. A comunicadora afirma que a TVI "sempre foi uma família".

Desde abril de 2019, a cara de "Somos Portugal" estava no canal 11, da Federação Portuguesa de Futebol. Para o regresso à "casa mãe", Iva Domingues aponta como objetivo "a TVI voltar a liderar". "Sofri quando senti que a TVI estava a perder terreno nas audiências", conta.

A partir de segunda feira (1), Iva Domingues vai integrar um novo projeto. "Esta Manhã" vai misturar informação com entretenimento e a comunicadora vai ter um espaço no formato. "Junta as duas coisas que mais gosto. A minha formação em jornalismo e o seu percurso dos últimos 20 anos, que tem sido no entretenimento", justifica a apresentadora. Iva chega a dizer que "estou muito perto do que queria fazer em televisão". A apresentadora deixou o "Extra" do "Big Brother: Duplo Impacto", semanas antes do começo da nova edição do reality show, para assumir o novo desafio. A anfitriã do antigo concurso "Quem Quer Ganha" revela que esteve a assistir "in loco" durante três dias aos formatos apresentados por Maria Botelho Moniz para a substituir na nova edição.

Iva Domingues entrou em 2000 na TVI, para fazer dupla com Carlos Ribeiro em "Cocktail Nacional". Com exceção do ano e meio no canal 11, a comunicadora esteve ligada ao canal do grupo Media Capital.