Júlia Pinheiro conversou com a TV Guia sobre o seu papel de mãe e assumiu ter empatado a carreira televisiva do filho Rui Maria Pêgo.

A apresentadora da SIC confessou que, apesar dos três filhos já terem saído de casa, "é como se lá estivessem ainda". Enquanto mãe, Júlia Pinheiro diz ter vivido tempos difíceis não só de perdas, mas também de doenças, nomeadamente o processo de anorexia das duas filhas, Matilde e Carolina Pêgo.

"Foi uma fase de crescimento. Elas viviam em silêncio dificuldades interiores que não foram verbalizadas, apesar de sempre termos falado de tudo"

Apesar das dificuldades, Júlia Pinheiro orgulha-se de nunca ter deixado os filhos "desacompanhados uma vez que fosse" e deixa no ar que em 2021 "vai abrir a época dos casamentos".

Embora Júlia Pinheiro tenha um relação próxima com os filhos, não esconde que empatou a vida ao filho no tempo em que estava na TVI.

"Eu dizia logo que enquanto ali estivesse não permitia, porque não queria que dissessem que a escolha podia ser outra pessoa e que eu podia ter influenciado. A mesma coisa qui na SIC. Por isso empatei-lhe a vida. E o pai na rádio"