Em entrevista à TV Mais, a veterana atriz revelou que testou positivo ao novo coronavírus, falou sobre a sua experiência e desabafou, lamentando a forma como muita gente olha para quem ficou doente.

Tive, passou, graças a Deus, está tudo bem, agora é para a frente“, começa por revelar a atriz. A atriz confessa que não gosta de pensar no que viveu, mas esclarece que nunca chegou a ter febres altas. “O máximo que tive foi 37,1 e foi o médico que, à cautela, me mandou fazer o teste, estava de facto positiva“, afirma.

No entanto, Margarida Carpinteiro aproveitou para revelar que ficou desiludida com a forma como muita gente olha para quem já esteve infetado. “Parece que estamos no tempo da lepra. Mas isto não é a lepra“, frisou.

"É importante não esquecer que há imensa gente a sofrer, que este país qualquer dia está sem velhos, que é uma coisa que me aflige. Angustia-me imenso a morte das pessoas idosas que chegam ao fim da vida e resta-lhes isto… E estão sozinhas. As dos lares, então, fazem-me muita impressão“, revela a atriz.

Margarida Carpinteiro já regressou ao trabalho e às gravações, e deverá regressar aos ecrãs no início do ano com a estreia de ‘Amor Amor‘, a nova novela da SIC.