A apresentadora teve aos 29 anos de lidar com a morte do grande amor da sua vida. Salvador, o homem com quem namorava há 10 anos e com o qual tinha casamento marcado, morreu num trágico acidente de mota.

Todos os dias me lembro dele. É inevitável. Foi muito tempo, foi muito amor“, apesar de esta ser ainda a sua realidade, a nova grande aposta da TVI conseguiu voltar a apaixonar-se, ainda que este não tenha sido um processo fácil.

Para mim deixar entrar alguém nem sequer era uma hipótese. Não sentia que fosse possível a certa altura, nem sequer achava que merecia isso“, explica.

Maria achava que seria quase impossível encontrar alguém capaz de aceitar a sua história e de aceitar que existirá para sempre no seu coração uma “gavetinha” reservada a outra pessoa. “Não é qualquer pessoa que aceita isso“, afirma.

A apresentadora teve aos 29 anos de lidar com a morte do grande amor da sua vida. Salvador, o homem com quem namorava há 10 anos e com o qual tinha casamento marcado, morreu num trágico acidente de mota.

Todos os dias me lembro dele. É inevitável. Foi muito tempo, foi muito amor“, apesar de esta ser ainda a sua realidade, a nova grande aposta da TVI conseguiu voltar a apaixonar-se, ainda que este não tenha sido um processo fácil.

Para mim deixar entrar alguém nem sequer era uma hipótese. Não sentia que fosse possível a certa altura, nem sequer achava que merecia isso“, explica.

Maria achava que seria quase impossível encontrar alguém capaz de aceitar a sua história e de aceitar que existirá para sempre no seu coração uma “gavetinha” reservada a outra pessoa. “Não é qualquer pessoa que aceita isso“, afirma.

Apaixonada pelo piloto Pedro Bianchi Prata e com vontade de voltar a viver um grande amor, Maria quis antes de começar o relacionamento contar-lhe todos os detalhes sobre a sua história com Salvador.

Para mim era importante que ele soubesse todos os detalhes, a história toda. Contei muito a medo, mas não escondi nada“, revela.

Do outro lado recebeu a resposta que menos esperava, mas que a deixou plena de felicidade: “Tudo bem. Isso para mim não é nenhum problema“.

Juntos desde abril, a apresentadora não tem dúvidas de que este amor lhe foi enviado. Eu sei que ele me foi enviado. Eu acredito que as pessoas nos são enviadas. Há amigos que eu fiz depois da morte do Salvador que eu sei que foi ele que mos enviou. Eu sei que este amor me foi enviado. Eu pedi muito”, rematou Maria Botelho Moniz.