Maria Vieira voltou aos comentários polémicos. Depois de algum tempo afastada do Facebook, a atriz veio condenar os comentários da modelo Sara Sampaio sobre o Chega.

"Esta sirigaita, que é paga para despir e vestir roupa e para pousar seminua e figurar em capas de revistas dirigidas a leitores pouco exigentes", é assim que a "Parrachita" caracteriza a manequim. De relembrar que Sara Sampaio tinha deixado uma "boca" a André Ventura, depois do líder do Chega ter ido fazer um comício de campanha para as Presidenciais, num local perto da sua habitação. "Ontem à noite cheirava muito a m**** aqui perto da minha casa, já percebi porquê... houve um comício do Chega aqui ao lado", insinuou, na sua conta de Twitter.

A mandatária para as Presidenciais do partido acusa Sara de escrever "este pedaço de badalhoca e insultuosa nas redes sociais para obter mais 'likes' daquelas pessoas mais ou menos tontas que lhe passam cartão". Maria Vieira garantiu que "milhares de portugueses, não apenas simpatizantes, militantes e eleitores do Chega se sentiram surpreendidas, enojadas e insultadas" com a "verborreia da jovem modeleira".

A atriz já viu a sua conta de Facebook bloqueada várias vezes, depois de algumas publicações polémicas na sua página. Figuras públicas como Bruno Nogueira, José Carlos Malato, Ricardo Araújo Pereira e Rita Ferro Rodrigues foram alvos de críticas em anteriores posts.