Na última gala do 'Big Brother-Duplo Impacto', Ana Garcia Martins abordou um assunto que fez furor nas redes sociais. A comentadora exigiu que Joana Diniz e outros concorrentes fossem sancionados por comentários preconceituosos e homofóbicos face a um comentador, Pedro Crispim.

Depois das duras palavras da comentadora que acusou a atitude dos concorrentes como inadmissível, Joana Diniz acabou mesmo por pedir desculpa em direto a Pedro Crispim.

Quem ainda não tinha comentado o tema era Pedro Crispim, o principal visado na questão. Algo que veio a acontecer esta terça-feira, dia 12, no 'Extra' da noite.

"A mim não me belisca. Ela a mim não me magoou porque não a conheço de lado nenhum, como não conheço nem quero conhecer nenhum concorrente", afirmou o comentador, alertando porém para o facto de as palavras de Joana Diniz poderem "magoar quem está lá em casa", começa por referir.

"Acho lamentável haver este tipo de comentários dentro da casa", reforça, explicando que na sua opinião Joana Diniz e Helena Isabel deveriam ser ambas sancionadas pela forma como falam dos comentadores.

"Este comportamento que tem sido repetido da parte da Helena Isabel e da Joana Diniz em relação aos comentadores é completamente violento, gratuito e infundado", concluiu o estilista.