O primo de Gonçalo Quinaz, Diogo Narciso, esteve em direto no "Extra" do "Big Brother- Duplo Impacto", desta sexta-feira, dia 12, para esclarecer a polémica que envolveu os gritos dirigidos ao concorrente durante a semana.

"Não fui eu que fui gritar, não foi a mãe do Quinaz, não foram os primos, não foi família nem amigos. Posso confirmar isto", garante Diogo.

O primo do ex futebolista admite já terem ido gritar à casa da Ericeira, mas afirma que familiares, amigos e apoiantes nunca mais o voltaram a fazer desde que Gonçalo apelou para que não o fizessem.

Diogo garante que quem o fez foi para prejudicar Quinaz. "Quem foi fazê-lo é certamente a quererem fazer um jogo sujo cá fora".

Quanto à identidade dessas pessoas, Diogo Narciso afirma saber quem são. "Não é preciso ser muito inteligente para saber quem foi lá. Passam-nos informações que grupos de apoiantes de um jogador combinam para irem gritar a fazerem-se passar pela família do Quinaz", revela e garante ainda que este é um jogo que se está a passar fora da casa.

O primo de Quinaz aproveitou também para dizer que tanto ele como a família gostariam de ver o ex futebolista sair com um prémio. "Para mim é um bom jogador, é um jogador inteligente e não tem culpa do que se está a passar", diz.