A atriz mostrou-se desagradada, esta quinta-feira, 14 de janeiro, nas suas redes sociais, a propósito do encerramento das salas de espetáculo, como cinemas e teatros, bibliotecas, arquivos, circos, parques de diversões e recreativos, museus e outros estabelecimentos culturais.

Aproveito para perguntar publicamente porque é que posso levar o meu filho a uma missa cheia de gente, onde provavelmente não será cumprido o distanciamento social, sendo que os bancos são corridos, e não posso levar o meu filho a ver uma peça de teatro, a um museu, a uma galeria de arte, um concerto, um filme no cinema”, referiu, na publicação do Instagram.