Cinco anos após o seu último projeto em televisão, Sofia Alves está de volta ao pequeno ecrã. A artiz vai dar vida à grande vilã de “A Serra”, a nova novela da SIC com estreia agendada para fevereiro. Numa entrevista à revista Caras, Sofia Alves fala sobre o seu afastamento do mundo da televisão e da sua vida em Viseu.

Pausa na carreira televisiva

A artista revela que se mudou exclusivamente para Viseu. Lá, a artista levava uma vida bastante simples e que isso lhe permitia ter tempo para si e para os seus. Assim sendo, mantinha sempre a mesma rotina: acordava e deitava-se cedo. Raramente via televisão e dedicava-se à plantação de alimentos. Gostava muito de cozinhar tudo o que a terra lhe dava e aproveitava a Natureza ao máximo.

Confrontada com uma pausa na carreira, Sofia Alves afirma que nunca parou de trabalhar. Apenas se dedicou a outros projetos fora do panorama televisivo. Uma tourné por Espanha com uma peça de teatro e interpretações de poesias foram alguns projetos que a atriz partilhou ter feito parte. Mesmo assim, com a agenda cheia, conseguia ter tempo para si.

O regresso à televisão e à SIC

Sobre o seu regresso à televisão, Sofia confessa que não foi bem uma vontade própria, mas sim «um ato de sedução por parte do Daniel Oliveira e da SIC». Anteriormente, existiram mais quatro convites, todos rejeitados. Contudo, a personagem – que considera ser o papel da sua vida -, a equipa e a escrita de Inês Gomes foram fatores determinantes para aceitar. Na trama, dará vida a Carlota Pereira Espinho, uma mulher sem escrúpulos e que fará tudo para defender a filha Mariana (Carolina Carvalho) e esconder um grande segredo. Será, também, rival de Fátima, personagem de Júlia Palha.

Por fim, a atriz revela que ainda não sabe como será o seu futuro em Viseu, pois perante a situação atual do mundo, é difícil tomar decisões a longo prazo.